7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Isto não é uma resolução de ano novo (mas é)

Foto: I Heart You Photography

Nunca fui de escrever as famosas listas com resoluções de ano novo – e não vou começar agora.

Mas calhou que, por incompatibilidade de agendas, a minha consulta de nutrição tenha acontecido apenas hoje e fazer um plano de alimentação equilibrada tenha passado a ser algo a cumprir durante os primeiros meses de 2018 (e seguintes, claro!).

Já vos tinha contado aqui que sempre tive problemas de peso e sempre fui a gordinha da escola e da família. Já fiz planos de alimentação que resultaram mas, com três gravidezes e três filhas pelo meio, cuidar de mim ficou sempre “para depois”.

O depois chegou. E tem de ser agora. Porque temos uma alimentação cada vez mais saudável em casa, mas quando estou na rua faço muitas asneiras. Às vezes por falta de opções, outras porque compenso a noite mal dormida com comida ou simplesmente porque acho que “é tudo tão cansativo que hoje mereço”.

Mas este “mereço” acaba sempre por funcionar contra mim, porque eu é que tenho de ir ao encontro do meu peso saudável – e correr, literalmente, contra o prejuízo!

Foi isto que me levou a marcar consulta com a Dra. Inês Carretero, no Centro Mama Help Lisboa. Comer bem, prevenir doenças e ter cada vez mais um estilo de vida saudável, assente numa alimentação cuidada (sem medicamentos) e no exercício físico.

Não vos digo quanto peso, mas digo-vos que para chegar ao meu peso saudável tenho de perder mais de 15 kgs. E sabem que mais? Vou conseguir. Não porque tenha super-poderes, mas porque estou a assumir o compromisso aqui, convosco, de forma pública. E não conseguir seria falhar convosco, o que não pode acontecer!

Sei que estou a “dar-me à morte”, sim, mas tem mesmo de ser. E desculpem lá se de repente eu ficar mais rabugenta… serei uma rabugenta mais elegante. Espero! 😉

Façam aquilo que vos fizer felizes e tenham um bom 2018! Ate lá!

14 comentários em “Isto não é uma resolução de ano novo (mas é)

  1. Sónia Fernandes

    Grande Catarina
    Força… vou seguir o mesmo objectivo este novo ano que se adivinha ??
    VAMOS CONSEGUIR ????
    Beijinho grande que 2018 vos sorria todos os dias aí em casa ??

  2. Elizabeth Figueiredo

    Olá Catarina. Andei anos a tentar perder peso e não conseguia. Tudo me serviu de desculpa. Em Fevereiro deste ano resolvi ir a Dra Isabel Carmo e começar a levar tudo a sério. E perdi até este momento 11g. E se eu consegui com 60 anos e com pouca atividade fisica (a minha coluna não deixa …), a Catarina também vai conseguir. Custaum pouco no principio, mas o organismo habitua-se a coisas saudáveis e vai ficando mais fácil. Força e sem pressa ok? Beijinhos e um excelente 2018 para essa familia bonita 😉

  3. Verónica Silva

    Olá Catarina, parabéns pelo “compromisso” público. É preciso muita coragem!
    Eu também apanho o “comboio”.
    E aproveito para deixar uma sugestão: porque não criar um desafio para as tuas seguidoras também te poderem acompanhar nesta jornada? Era uma forma de motivação para todas!
    Fica a dica!
    Beijinhos

  4. Vera Águas

    Força!!!!
    Antes de ser mãe também fui seguida por uma nutricionista e quero deixar aqui o testemunho, que foi a melhor coisa que fiz.
    Na altura perdi cerca de 8 kg que foi o que me propus.
    Passado ano e meio engravidei e consegui voltar ao peso normal passado 3meses do meu reguila nascer.
    Se foi fácil? A dieta sim….manter é mais difícil….e depois de ser mãe, muito mais ainda…..mas com força de vontade, tudo é possível…..
    Ótima decisão para 2018

  5. Andreia Garcia

    Posso apanhar boleia contg. Tb vou começar a comer de forma mais saudável e ver se tb perco estes 15kg. Não vai ser naaaaadaaaaaa fácil mas não será impossível. Bom ano para vocês ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *