7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Este texto vai causar comichão na cabeça!

Preparem-se para coçar a cabeça: venho falar-vos de piolhos e lêndeas, essa praga do catano!

As minhas filhas mais velhas têm andado numa saga que só visto. Há alturas em que têm mais, outras em que têm menos, mas vão tendo sempre alguma coisa (tipo gestão de stock).

A desgraça alheia dá-me algum consolo, confesso. Não são as únicas, anda toda a gente nisto.

Cá em casa já experimentámos de tudo: champôs de várias marcas, óleos essenciais de alfazema e árvore do chá, perfume no cabelo antes de irem para a escola, cabelo sempre apanhado. Tudo!

Normalmente, conseguimos ir controlando os piolhos, porque vamos passando o pente (mesmo que seja uma daquelas fases em que até nem têm), mas as lêndeas são umas filhas da mãe do pior. Nem todos os pentes as conseguem tirar e elas ficam ali, agarradinhas ao fio de cabelo, qual Koala agarrado à árvore.

Eis senão quando me deram uma dica. Uma amiga disse-me para usar vinagre daquele mais barato (pelos vistos balsâmico não resulta com estas sacanas) e espalhar bem no cabelo todo.

Mas tive receio de usar vinagre puro no cabelo das miúdas, porque podia irritar o couro cabeludo e até fazer arder os olhos. Então, preferi diluí-lo numa taça com água e ir embebendo uma esponja nessa solução tão perfumada, escorrer bem e passar no cabelo delas, até ficar todo húmido.

Deixei-as ficar com o cabelo apanhado durante uma hora e depois lavei bem, até deixar de cheirar a vinagre. No banho passei o pente e vi que estavam a sair com maior facilidade. Sequei e penteei como de costume e então percebi que elas ficaram para aí com um décimo daquilo que tinham. RESULTOU!

Daqui a três dias repito a operação. Vou dar cabo delas, destas lêndeas malvadas, qual exterminador implacável – e rezar para que os outros pais vão fazendo o mesmo às suas crias, para que estas tréguas durem algum tempo!

26 comentários em “Este texto vai causar comichão na cabeça!

  1. Mariana Jesus

    Bom dia Catarina,
    Sofri desse mal durante toda a escola primária. Espalhar bem o vinagre na cabeça (pode ser puro, no meu caso nunca fez mal), embrulhar a cabeça com uma toalha e dormir com aquilo.
    É horrivel, mas é a melhor das soluções e mais eficaz!

    A solidária,
    Mariana ?

  2. Sandra Flores

    Bom dia Catarina!
    Sim é eficaz, mas cuidado porque seca o couro cabeludo e pode mesmo escamar , por hidratar bem o couro cabeludo , três dias de intervalo é pouco , 6 ou 7 dias é o ideal.

    Sandra

      1. Joana

        Tive que usar este verão (em mim) não achei resultado nenhum. O que tirei de piolhos veio no pente mesmo antes de aplicar o produto, as lêndeas ficaram. Passado 1 semana andava no mesmo sufoco, tive que comprar outro produto

  3. Cristina

    Também por a caso sofri e sofro do mesmo mal, nao que tenha filhos mas sou educadora, a minha cabeça parece um imen atrai logo… e o que resulta mesmo em 3 vezes que faço vinagre branco« normalmente até uso para limpar torneiras, lavar janelas, agora aderi a lavar a cabeça para extreminar o bicho na cabeça»????????
    Coragem

    1. Catarina Fernandes Raminhos Autor

      Olá Cristina,
      Eu tenho mesmo pena das educadoras! Além de aturarem as nossas crianças ainda levam estes “presentes” para casa!
      Obrigada pela sugestão. Vou experimentar 🙂

    2. Ana

      Olá Catarina. Felizmente a minha filha já tem 12 anos e não sei porquê (dizem que é do sangue) nunca apanhou nada, mesmo tendo colegas na classe com as “malditas”. No entanto, quando a escola informa que existem “casos” na classe, o que faço é colocar uns pingos de tea tree oil nas têmporas. Beijinhos e boa sorte!

  4. Elsa

    Olá…também temos esse problema em casa. O que faço é misturar o vinagre de cidra com o amaciador sempre que é dia de lavar cabelo. Passar sempre o pente dos anos 80 e não o que agora vem com os produtos.Tem resultado e não causa alergias…coisa que os champos de tratamento dos bichos fazem após a 2.a aplicação após 15 dias. Obrigada por partilhar estas experiências. Beijinhos

  5. Eunice

    Ola Catarina !

    Sempre sofri desse mal desde que tenho 3 anos …. na altura os meus pais utilizavam amaciados da johnsons baby- o cor de rosa – e saíam que nem ginjas !
    Ha uns anos, quando estava na universidade, apanhei piolhos de MARÇO a AGOSTO!! Usei essa medida do vinagre e nao tinha resultados nenhuns ! Experimentei tudo o que podia haver ! A minha mãe já em desespero levou-me a dermatologista , e esta deu me o milagre dos piolhos – asfixia-los na vaselina ou em óleo de côco – ! Agora com 27 anos apanhei piolhos dos meus alunos e num avião ! Vaselina e óleo de coco para secar e asfixiar juntamente com um
    Bom pente !

    Beijinhos e boa sorte !! ?

  6. Patrícia

    Olá Catarina, o vinagre e o álcool que se utiliza para limpar o umbigo dos bebés qd nascem (mais fraco) são uma ótima alternativa! Para não dizer a melhor opção!
    As lêndeas…ai…essas…só mesmo ir tirando, pois mesmo mortas ficam agarradas ao cabelo! ?
    A repetição deve ser feita entre o 7′ e o 10′ dia, para evitar que se multipliquem…?!
    Sofremos desse mal aqui por casa!
    Beijinhos!

  7. Catia soares

    Ola catarina sofri do mesmo mal com a minha Leonor no comeco do jardim de infância… foi me apresentado um oleo tea tree que ponho umas gotas no champô e depois antes se secar o cabelo ponho umas gotas na mão e massajo lhe a cabeça e foi remédio santo a 2 anos que esses bicharocos nao lhe pegam a cabeça… compro e vendo por catalogo… estou muito satisfeita

  8. r_pires

    Olá! na minha experiência em criança quando tive piolhos, a minha mãe lavava-me o cabelo com água de cozer tremoços e ficava alguma tempo com uma toalha à volta da cabeça. Nunca usei nenhuns shampos para piolhos. Entre lavagens ela ia matando lêndeas e penteava-me o cabelo com o pente dos piolhos. Comigo resultou, mas só tive piolhos uma vez.

  9. Carla Barradas

    Boa tarde Catarina, aqui em casa também resolvo com o vinagre, mas aconselharam-me a pôr amaciador depois de lavar o cabelo, para além de eles escorregarem melhor, sempre nutre o couro cabeludo ?. A toalha á volta da cabeça, quanto mais tempo,melhor. Beijinhos e vai ver que num instante desaparecem?

  10. Ana

    A minha mãe colocava-nos alcool no cabelo! Tapavamos o nariz com uma toalha quando ela nos metia o álcool no cabelo, e saltava tudo! Era sempre remédio santo!

  11. Catarina.

    Olá Catarina! Eu sofri desse mal até aos meus 13 anos e a minha mãe experimentou de tudo. Chorávamos as duas enquanto ela tratava de acabar com a raça deles de tão cansativo e frustrante que se tornava. A única forma (e definitiva) que arranjamos foi mesmo o vinagre! Mas enquanto pões vinagre vai colocando amaciador de cabelo também, tudo em grandes quantidades. Tenho 17 anos e, até hoje, nunca mais apareceram! Espero que com as Marias também resulte! 🙂

  12. Inês

    É preciso verificar e passar com o pente todos os dias e desinfetar as escovas e pentes mudar a fronha, toalhas e roupa que usaram todos os dias..de preferencia que levem cabelo atado ou numa trança..tudo isso aliado aos tratamentos e fica resolvido. O problema são aqueles pais que não se dão ao trabalho e (geralmente até os pais apanham a infestsçao e não admitem) e não estão empanhados a resolver.. porque isso é um ciclo que regra geral no maximo dos maximos em 1 mês ficaria resolvido..lá está, se todas as familias fossem empenhadas..usei varias das dicas que aqui li (incluindo a do vinagre- fiquei toda vermelha e por conseesequência, assustada..mas aquilo lá passou lol). E ouvi dizer que se pintar o cabelo mata a bicharada toda e evita que voltem (há quem diga que uma madeixa basta..mas segundo experiencia..convém ter mais do que uma madeixa especialmente atras das orelhas e pela parte da “cova do ladrao”)

  13. Flávia da Costa

    Olá… Pois é sou mais uma das pessoas que levou com essa praga! A minha avó materna dizia que eu criava os piolhos em jaulas… A saga nunca mais acabava, até que a minha querida tia num belo fim de semana em família decidiu que o pó das formigas podia ser uma opção, e não é que resultou! Nunca mais tive piolhos e lendas… Se foi drástico e arriscado? Foi, mas resultou e a 23 anos que nada se me agarra ao cabelo desde então! Um beijinho

  14. Ana M.

    Espero que o meu filho saia a mim e ao pai, nunca tivemos piolhos!! Eles não querem nada connosco ??
    Boa dica essa do vinagre, ao que parece o vinagre dá para tudo mesmo!!

  15. Ana Maria Fonseca

    Boa noite!
    Eu por acaso nunca tive esse problema. A minha filha que é educadora costuma usar uma mistura de vinagre com bicarbonato de sódio e junta lhe amaciador. Fica uma pasta que aplica no cabelo e depois lava normalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *