7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Pai Natal, este ano eu quero…

Era uma vez uma menina que, como todos os anos, se sentou à mesa para escrever a carta ao Pai Natal. Rodeou-se das canetas mais bonitas, de colas com brilhos e autocolantes e lá escreveu:

“Querido Pai Natal,

O meu ano correu muito bem. O que eu mais desejo é que tu e todas as outras pessoas sejam felizes.

Faz boa viagem e tem um excelente Natal”

Numa altura em que as crianças vivem rodeadas de brinquedos, jogos e tecnologia – em casa, na escola, na TV, em todo o lado – esta menina, com apenas 8 anos, desejou que todos sejamos felizes.

Obrigada minha Maria Rita pela carta, pelo teu coração gigante e por me teres escolhido para ser tua mãe.

 

3 comentários em “Pai Natal, este ano eu quero…

  1. Rita

    OMG Já vi este filme com a minha Beatriz há uns anos. Pelo sim, pelo não, preparem-se.
    Também fiquei tão emocionada. De cada vez que alguém lhe perguntava o que queria para esse Natal, respondia com aquela carinha de anjo, “Só quero um Natal Feliz”.
    E vinham os Ohhhhh de toda a gente, os “Tão querida!”.
    Pois que na noite de 24, ao abrir os presentes, não houve um único que lhe agradasse. Fez uma birra do tamanho do mundo. A birra!
    Chorou, amuou, prendeu o burro, a vaca e as ovelhas todas do presépio.
    O irmão, ainda pequenino, pegava nos presentes dele e dava-lhe, para ver se parava de chorar.
    Ainda hoje brincamos com isso. “Para além do Natal feliz, o que gostavas de receber no Natal, Beatriz?”
    E a pestinha faz aquele ar de quem se lembra bem da cena “natalícia” que fez e que felizmente, nunca mais se repetiu. A miúda tem mesmo um coração de ouro. Foi apenas um momento em que lhe faltou o chocolate e deu uma de diva intragável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *