7 da tarde e ainda não lavei os dentes

A nova carta do Gin Lovers & Less é só maravilhosa

O convite era, por si só, irrecusável: experimentar a nova carta do Gin Lovers & Less. E chegou numa semana em que eu tinha ficado todos os dias com as três doentes em casa. Foi, por isso, em modo “folga” que cheguei ao lindíssimo edifício da Embaixada, no Principe Real.

Antes de afinar o paladar, deixei-me ficar ali, só a olhar para o tecto, para os varandins e para os candeeiros. Que espaço tão bonito – nunca lá tinha estado… sou uma verdadeira saloia na cidade 🙂

  

E estava eu nesta contemplação quando me ofereceram um welcome drink – um cocktail gin sour com tónica de flor de hibisco e top up de espuma de lima (e, neste momento, estão vocês a pensar “eh pá, ela percebe disto de gins e coiso”. Não percebo, gosto é de dizer as coisas certinhas e copiei a informação que me mandaram!)

Com esta bonita e bem saborosa bebida cor-de-rosa sentamos-nos então à mesa com o chef Miguel Castro e Silva, que nos foi apresentando os pratos, contando sempre alguma história relacionada com eles ou com algum ingrediente. Só o conhecia “de nome” e gostei bastante de conversar com ele e escutar as suas considerações, sempre feitas com muita graça.

  

Começámos logo muito bem, com uma truta fumada com puré de batata doce e pickle de cebola roxa. Nesta altura, bebemos um branco Quinta de Ventozelo, de produção do próprio chef.

Sem se fazer esperar, chegaram os “divertidos” lollipops de lula e camarão. Divertidos no aspecto – e foi assim que o chef os apresentou – e na textura, porque acaba por ser um desafio engraçado trincar ao mesmo tempo que tentamos não deixar cair aqueles fios estaladiços que os envolvem. Diversão à parte, são muito interessantes no sabor e não parecem fritos sequer…

Ainda nos peixes, em boa hora veio aterrar à nossa frente uma lula recheada com arroz de limão, deitadinha num guisado de alho francês.

  

Este prato foi o meu favorito, pela forma como todos os sabores se combinam. Pela frescura do limão, que assenta tão bem no molho de alho francês e pela lula tão tenra mas a conservar todo o sabor fresco do mar. Uma maravilha!

No copo, o Lisboa Gin, com tomilho-limão e uva branca e tónica Fever Tree Mediterrânea.

Seguiu-se um risotto de tomate seco e amêndoa com bacalhau fumado, bem diferente de tudo o que já provei – fiquei fã de bacalhau fumado e a amêndoa trouxe aquela dose crunchy sempre muito bem-vinda.

  

Antes da sobremesa provámos uma fantásticas gyosas de porco preto – confesso que achei que iam ser mais enjoativas e pesadas. Não são. São bem saborosas e leves.

Por esta altura provámos o Ginlovers, o meu gin preferido – com laranja, cravinho com tónica schweeps e pimenta rosa.

Para sobremesa – que tenho a sensação de ter saboreado de olhos fechados e a emitir alguns sons tipo gato a ronronar – chegou um mil folhas de amêndoa com maça assada.

Não era excessivamente doce, a massa estava bem fina e estaladiça e a maçã estava óptima.

Foi um excelente almoço. Vou voltar em breve (assim tenha nova folga!)

 

 

Um comentário em “A nova carta do Gin Lovers & Less é só maravilhosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *