7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Os 39 trouxeram-me uma primeira vez…

No ano passado, decidi fazer uma sessão fotográfica para assinalar o meu aniversário. Queria sentir-me bonita, dar esse presente a mim mesma. E assim foi: fiz uma sessão descontraída com a Inês, da Yellow Savages, da qual resultaram fotos lindas, que fui partilhando até achar que já todos estavam fartos de as ver – e até ter mudado de óculos e tudo me “cheirar” a antigo…

Este ano decidi fazer o mesmo, pelas mesmas razões. Mas com uma diferença que, para mim, é enorme. Decidi pôr-me bonita (com direito a roupas, make-up, cabelos e tudo e tudo) para mergulhar de cabeça na minha zona de desconforto. Assim mesmo, “à maluca”!

No fundo, decidi parar de tentar disfarçar os braços mais gordinhos, o pneu na barriga ou as pernas “sem tornozelos”. E, aos 39 anos, consigo – finalmente – partilhar isso com o mundo – pelo menos aquele “mundo” que me acompanha 🙂

 

 

Não vou mentir. Ao olhar para as imagens não consigo sentir indiferença em relação a esses “defeitos” – e adorava! No entanto, acho que ao partilhar pela primeira vez estou a aceitar-me e a tirar força a esses “detalhes”. E este exercício é muito libertador. E será ainda mais quando o conseguir fazer de forma espontânea, sem produções, make-up ou cabelo arranjado… 

Até podia acabar o texto a dizer que tenho um ano inteiro para garantir que aos 40 serei uma mulher mais confiante e sem complexos. Mas acho que seria uma perda de tempo. Quero ser essa mulher já.

 

  

As fotografias são da Inês Ferraz, da Yellow Savages, que está a fotografar cada vez melhor e de uma forma mais genuína, com uma luz incrível;

O styling é da minha querida amiga Bethy Amorim, da By Mii Ericeira – a loja da vila com as roupas mais bonitas e aonde eu vou para beber um café e deitar conversa fora sempre que me apetece;

A maquilhagem é da Inês Abegão que está apenas a começar e de quem ainda vamos ouvir falar muitas vezes. 

Obrigada a todas (e de forma especial à minha Maria Inês que com a Bethy me ajudou a escolher o “look” para a sessão)

10 comentários em “Os 39 trouxeram-me uma primeira vez…

  1. Inês

    Parabéns Catarina!!! Na maioria das vezes somos mt exigentes connosco e vê-nos duma forma distorcida, aos olhos dos outros não temos tds esses “defeitos” que vemos. Lembro-me várias vezes daquela publicidade da Dove onde o auto-retrato descrito pelas próprias pessoas era mais distante da realidade do que os retratos dessas mesmas pessoas descrito pelas outras pessoas! Beijinhos

  2. Barbara Mendes

    Mesmo com todos os “defeitos”, seu corpo é o que te carrega pela vida e te permite ser a cada dia sua melhor versão de si mesma. Honre-o com todo o carinho que ele merece. Fico feliz em acompanhar essa sua “primeira vez”.❤️

  3. Maria

    A idade é uma questão irrefutável. Aparece e pronto! Vou fazer 42 anos e não sei – mesmo – como o tempo passou. Não me sinto com quase 42, mas sinto que os meus valores são muito diferentes(felizmente!) da juventude de hoje em dia, logo…não poderia ser jovem agora.
    Por mais que queiramos dizer que a idade não mexe connosco, não é verdade. Mexe e muito, mas o mais importante é termos quem nos ama verdadeiramente a gostar de nós como estamos – isso dá, sem dúvida, um impulso gigante na nossa confiança.
    Beijinhos
    Ps: O vestido também é lindo!!!!!!!!!!

  4. Marina Casal Ribeiro Monteiro

    Muitos parabéns Catarina, não vejo que defeitos encontra em si, vejo uma Mulher linda, com um ar tremendamente bem disposto e feliz. Gostei muito. ❤🍁🍂

  5. Luísa Maria Ribeiro Fernandes

    A Catarina é linda e está linda também nas fotos. Eu tenho 50 anos, feitos em julho, e só muito recentemente comecei a aceitar aquilo que considero serem as minhas “fraquezas”. Frequentemente, tenho de dizer a mim mesma:”Tu és a pessoa mais importante da tua vida”. Tenho de nutrir a minha criança interior. Beijinhos. 🍀💗🙏

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *