7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Outra vez a história da “gordinha” que parece estar grávida?!

Achei que não ia voltar a este tema tão cedo. Mas nos últimos três dias tenho recebido tantas mensagens que me sinto impelida a escrever, novamente, sobre o meu corpo. As minhas formas. O meu peso. A aceitação. A auto-estima. O amor próprio e tudo o que cabe nesta caixa.

Publiquei uma foto minha e do Raminhos, tirada pela nossa filha mais velha. Estamos abraçados e eu estou de biquíni, no lusco-fusco do pôr-do-sol na praia onde estamos de férias . Pensei várias vezes antes de a publicar. E decidi fazê-lo porque gosto mesmo da foto e de tudo aquilo que ela representa.

E se pensei várias vezes antes foi porque nunca tinha publicado uma foto minha, de corpo inteiro, em biquíni. Porque não tem a ver comigo, com a minha essência. E também porque a minha relação com o meu corpo nem sempre foi a melhor, portanto, noutra altura, publicar uma foto deste género seria forçado, pouco natural e até falso.

Hoje em dia, eu e o meu corpo temos uma convivência amena e damo-nos bem, a maior parte do tempo.

“Não devia publicar fotos em biquíni de corpo inteiro porque não a favorece” foi uma das primeiras mensagens que recebi. Noutras perguntavam-me se estou grávida e noutras ainda por que razão eu não tenho vergonha do meu corpo. Há ainda uma rapariga na casa dos 20 e poucos que aproveita para dizer que se gosto tanto de vestidos, devia usá-los compridos para não mostrar as pernas. Enfim, há mais umas quantas mas encaixam-se num destes tipos…

Ora bem, o meu corpo não é de revista, nem de catálogo de moda. E há uma série de coisas que eu não gosto nele – e que não aprecio ver nas minhas próprias fotos. Tem celulite, estrias e mais umas quantas coisas – como a maioria dos corpos (incluindo aqueles que são de revista e de catálogo).

Mas é perfeito na medida em que é saudável, me permite realizar todas as minhas tarefas, dar colo às minhas filhas, treinar, passear e escrever, entre tantas outras coisas.

E, acima de tudo, é perfeito porque é o invólucro de tudo aquilo que eu sou e, caramba, eu gosto mesmo daquilo que sou. E gosto quando isso se reflete numa imagem.

Nestes três dias, também recebi mensagens em que me dizem que sou uma referência por me aceitar. Apesar de me sentir lisonjeada e até grata por isso, também não será verdade, porque há todo um caminho que tenho percorrido (e ainda não cheguei ao fim). E outras pessoas que me consideram uma “mulher real”. Tento ser verdadeira comigo e transmitir o que sou na realidade, sem floreados, sem tretas – e, grande parte das vezes, sem filtros. Se isso é ser real então acho que sim. Sou real.

Sei que muitas vezes aquilo que as pessoas me fazem chegar tem mais a ver com elas do que comigo. Com as suas inseguranças e até frustrações. Mas vai sendo tempo de sermos todos pessoas mais tolerantes e empáticas. Connosco e com os outros.

105 comentários em “Outra vez a história da “gordinha” que parece estar grávida?!

  1. Susana Alves

    Parabéns pelas fotos, estes sim são os corpos reais da maioria das portuguesas, são raras secalhar até muito raras as mulheres que não tem celulite, estrias… O corpo não é tudo admiro.a por isso tem uma família linda e cheia de amor e um marido que a aceita como é, secalhar essas mensagens menos boas são de mulheres que não aceitam o corpo e não tem maridos que os aceitam também. Parabéns e continuem a publicar fotos lindas. Boas férias

    1. Heloisa Miranda

      Olá Catarina,
      parabéns pelo seu texto! E olha que não respondo no papel de gorda assumida…
      Mas, o problema não está nas suas pernas, barriga ou sei lá o que….
      O problema é você estar nas Maldivas, é você ter um marido que a abraça ao pôr-do-sol… o problema é estarem com as filhotes a curtirem-se muito.
      Na verdade,estão pouco ligando se está bem ou mal nas fotos. O problema é você estar de bem com a vida! Pode crer que uma mulher bem resolvida incomoda muita gente! E se estiver nas Maldivas incomoda muito mais!!!!
      Heloísa Miranda

    2. Marilia

      Não percebo porque quando nascemos o ser perfeito é ter os dedos todos da mão e dos pés. “20” disse uma vez a minha mãe e contou outra vez só para ter certeza. E depois quando crescemos há todo um pernas assim, mamas assim, cu assado. Focar no importante, ser saudável e manter os dedos todos. Haha beijinhos e as maiores felicidades.

  2. Sara Silva

    Olá Catarina,
    Sigo-te no insta, e passei pela foto já várias vezes, e pensei que lindos. Mas com o teu post não pude deixar de espreitar o que escreveste, pois quando olho para foto, vejo uma mulher bonita. Diga-se de passagem que tenho 25 anos, e sou uma mama de primeira viagem, não sou gorda, mas também não tenho corpo de revista! E ao longo destes anos, sei que ainda sou nova, mas sempre batalhei com o formato do meu corpo e com os altos e baixos do meu peso. Hoje, mama de um bebé de 5 meses, olho para mim, mais gordinha, com estrias, e não como gostaria de estar, e penso todas as marcas que tenho e o formato do meu corpo me permitiram ter um ser que amo. Mas nem todos os dias é assim, e tenho alturas que nem me quero ver ao espelho, especialmente, porque me envergonho da minha preguiça do exercício.

    Mas isto para te dizer, que me identifico com o que escreves, e acho importante, deixar uma palavra sincera, desta foto, não acho que tenhas barriga de grávida, nem que as tuas pernas fiquem mal no vestido! Acho sim que está feliz, e esse sorriso é de matar!!
    És muito bonita! E as tuas filhas seguem a mãe!
    Cada uma de nós mulheres somos únicas, sejamos magras ou gordas, todas temos corpos diferentes. Seria tão bom que nós apoiássemos em vez de apontarmos ou reparamos no defeito da vizinha, apenas porque não estamos bem connosco próprias!

    Só um desabafo e palavra de acalento!
    Um beijinho para ti e para os 4!
    Boas férias!

  3. Natália Fernandes

    Olá Catarina! Assim que vi a vossa foto no instagram apenas vi um casal lindo e apaixonado, apesar das 3 Marias conseguiram 2 segundos para uma foto em que se vê muito amor e carinho um pelo outro. Um exemplo que muitos deviam seguir. Em relação ao corpo, todos temos lutas com o mesmo. Eu luto contra a obesidade desde pequena, hoje com quase 27 anos tenho 132kg! Sim, nem sempre é facil me olhar ao espelho, e não é por isso que deixo de ser feliz e tirar fotos! Quando tenho que escolher roupa e me olhar de corpo inteiro num espelho não gosto e acabo por nunca comorar nada. Quem sabe se muitas dessas pessoas que criticaram o seu corpo não são apenas umas frustadas com a vida, porque não conseguem ter o corpo com que sempre sonharam e nunca lutaram. Atrás de um ecrã todos somos fortes! Como diz o ditado “vozes de burro não chegam ao céu”! Catarina, você é linda e tem uma familia maravilhosa! Beijinhos 😘😘

  4. Fernanda Moreira

    Catarina, sou casada, tenho 49 anos e duas filhas de 21 e 24 anos, sempre fui magra com dificuldade em engordar e nunca fiz disso um problema, hoje com a idade, já aumentei um pouco de peso, não podemos ser perfeitas, principalmente quando a idade avança. Somos perfeitas com as nossas imperfeições, temos é de dar graças a Deus por aquilo que temos! Não percas mais tempo com mulheres fúteis e ignorantes, que ligam só à imagem e não ao interior! Publica o que te apetecer porque tu és LIVRE!!!! Bjinhos

  5. Monica

    Olá Catarina.. só porque não fiquei indiferente.. fico perplexa como pessoas que nao a conhecem de lado nenhum dao se ao trabalho de enviar msg negativas em relação ao seu corpo ou ao k fosse.. não entendo quem se julgam ser para chamar outra de coisas ridículas.. só para dizer que transmite ser mt querida e muito amiga dos seus.. e nao deve ser facil as vezes ouvir certas coisas.. Mas continue linda e maravilhosa..um bjinhos muito grande e sabe.. É tudo inveja.. aposto que essas pessoas não são nem 50% feliz do que você é.. bjinhos

  6. Marlene Barbosa

    Catarina, eu também sou Mãe também sou Gordinha e já várias vezes que me fizeram essa pergunta, “estás grávida?” Às vezes as pessoas não têm consciência, enfim, o melhor é nem ligar! 😉 Minha querida só te posso desejar muitas Felicidades! Beijinho Grande e continua assim Genuína que é isso que faz de ti uma Grande Mãe, uma Grande Esposa e sobretudo uma Grande Mulher!

  7. Marina Rodrigues

    A sério q essa cambada de invejosas, magrelas, esfomeadas, vomitadoras de veneno ainda a incomodam? Está num sítio paradisíaco, com quem ama e só tem que aproveitar…publique o que quiser, quando quiser! Quem gostar olha…quem não gostar cagando e andando… essa gentinha tacanha não vale nada!

  8. Rute Matos

    Olá Catarina!
    Já não é a primeira vez que leio sobre isto de se receber mensagens a criticar o corpo por se ter publicado uma foto em bikini ou mini saia e ainda fico boqueaberta. Não consigo perceber a intenção das pessoas ou o motivo!
    Eu tenho o mesmo dilema em relação às fotos com pouca roupa. Estou quase quase nos 38 anos e isto de aceitar o corpo e aprender a ter autoestima é uma tarefa que leva o seu tempo e a idade vai-nos ensinando umas coisas.
    Bem, era só para dizer que me identifico bastante com o que escreveste porque eu penso exatamente da mesma forma. És uma mulher linda e com uma família maravilhosa e feliz… E isso faz confusão a muita gente!
    Continua a ser como és.

  9. Ines Guarita

    Miúda gira (és mais velha que eu mas vou tomar a liberdade de tratar por Tu), adoro a foto, transmite paz, amor, serenidade, coisas que a vida vos trouxe. Kgs a mais?. Kg de amor, de auto estima e de aceitação. O teu blog e o teu insta são para te verem tal como és e não para agradar aos demais. Temos de nos agradar a nós mesmas pq afinal de contas além de mães e mulheres somos humanas. Bjs

  10. Guida

    Catarina, apenas tens que te preocupar contigo e com os teus… as pessoas não se limitam a invólucros e tu tens um interior que é o teu maior tesouro e da tua familia e amigos, daqueles que te querem genuinamente bem… o resto… ignora todas essas ressabiadas inseguras, frustradas e que necessitam da aprovação de uma imagem para se sentirem gente!! Coitadas!!! Um beijo enorme e… és linda!!

  11. Joelia Amorim

    Olá Catarina
    Desde já parabéns pelas fotos, em que apresenta uma mulher feliz ao lado do seu companheiro, e com muita coragem para publicar as fotos, com o risco de depois a tentarem pôr abaixo. nós somos mulheres reais, sim eu também tenho estrias, celulite, mas qual é a mulher que não tem? Gosto muito da vossa família. Beijinhos.

  12. Liliana Tavares

    Essas pessoas que comentam negativamente, têm apenas dor de cotovelo!!! Tão simples quanto isso!
    Podes não ter o corpo perfeito, mas tens um sorriso lindo e contagiante, és inteligente e bem sucedida, tens uma família linda e maravilhosa e a vida corre-te bem! Isso faz comichão a muita gente! Mas como disse a Paixão Brás, « pó caralhinho » todas essas invejosas!
    Tudo de bom! ❤️🍀

    1. Catarina Fernandes Raminhos Autor

      obrigada 🙂
      curiosamente, uso cada vez a expressão “caralhinho” para “aliviar” em algumas situações 🙂 a minha amiga adivinhou lol

  13. Mila Bessa

    Catarina não ligue para os comentários devem ser pessoas cheias de defeitos que se vêem nas imperfeições dos outros, e há perfeição quase mas só que não. Adoro a coragem e despreconceito para com o corpo que tem. Beijinhos e não esqueça “vozes de burro não bradam aos céus”

  14. Ana sofia Tomas

    Olá Catarina
    Muito parabéns pelo texto.
    Também sou gordinha e tenho 38 anos.
    Antes tinha também vergonha de publicar minhas fotos de corpo inteiro e não usava biquini. Mas “cresci ” mentalmente. Sim tenho gordura, sim tenho celulite… mas tenho 38 anos e dois lindos filhos. Por isso tenho orgulho em mim e do que sou. Não não queria ser mais nova nem mais magra porque não teria a mesma experiência de vida que tenho hoje. Cada um é como cada qual. Ser feliz é o mais importante, ter alguém que nos ame e amar nos a nós mesma!!!!
    Um bem haja e felizes férias a família Raminhos

  15. Solange

    Muito bem dito. São só pessoas fúteis que só ligam à imagem e não têm mais nada para fazer.
    Espalhem amor, sejam amor, sejam vocês…que são fantásticos.
    Divirtam-se 😘

  16. Vanessa Graça

    Olá Catarina! Eu sou gordinha, baixa e com estreias que parece a A8 mas com o dobro das faixas🙂mas essas mesmas estreias e a gordurinha, fizeram de mim a mãe mais feliz do mundo, ganhei de presente por ter carregado as minhas filhas no ventre 9 meses!
    As vezes fico triste e pensativa por causa do meu corpo, mas na maioria, sou feliz e sem complexos, mesmo quando na praia ouço umas bocas tipo:-“se tivesse cabeçinha não usaba biquini”.
    Isto tudo só para te dizer que estás otima, linda e acima de tudo, FELIZ!
    Boas férias

  17. Ana Martins

    Olá Catarina, não sei se irás ler esta mensagem ou não. Mas quero aproveitar para te dizer, a ti e a todas as pessoas que a possam ler, que sou magra que nem um carapau. E não imaginam, NÃO IMAGINAM, os comentários que eu ouço. Tenho ideia que as pessoas nao sabem até o que dizem. Porém, todavia contudo, quando [email protected]&_€, no que me diziam (sendo que nem sempre é possível) comecei a perceber que até sou mais feliz.

    Ps:. Com 52kg eu também tenho celulite, estrias, e ainda por cima nao tenho maminhas 😅 ahahh
    Beijinho Catarina
    Divirtam-se imenso

  18. Sandra

    Adorei as fotos, adorei o que elas transmitem que é realmente o que vocês são! Infelizmente quando as pessoas não conseguem criticar uma relação familiar porque lá existe amor, não conseguem criticar umas férias porque num paraíso destes não há o que dizer mal, então arranjam qq coisa para satisfazer o veneno da inveja…

  19. Célia

    Vou dizer com toda a franqueza aquilo wue a foto me fez pensar quando a vi no meu feed do instagram:
    – Fantástico como o mundo evoluiu nos últimos tempos, e como as pessoas ditas “famosas” ou que têm vida pública nos chegam tão próximas, tão humanas e sem artifícios. São felizes e infelizes como nós, aqui atrás dos bastidores. Uma foto destas não apareceria aqui em outro momento qualquer da História do ocidente, em que ainda houvesse repressão da sociedade para com as mulheres, e delas para com elas mesmas. Porque no século XIX as mulheres queimavam o couro cabeludo para ter caracóis, e no século XVIII desmaiavam porque os corpetes as sufocavam, e enchiam a cara de pó branco para estar à la mode. Na China as mulheres enfaixavam os pés e nos anos 90 matavam-se de anorexia para desfilar em passerelles. Ainda bem que o mundo evoluiu, que somos todos de carne e osso e livres para ver a essência das pessoas e dos momentos para além do invólucro. Que bom!

    1. Catarina Fernandes Raminhos Autor

      Célia, muito bem visto!
      Chega desta ditadura da beleza e da perfeição. Ela existe mas é diferente em cada uma de nós 😉
      beijinho!

  20. Cristina Marques

    Realmente Catarina, quem olha para o corpo e para vestidos é coisinhas do género só mostra que não tem bom fundo, que aprecia mais o parecer do que o Ser!!!
    Eu cá, no alto dos meus muitos quilos a mais e de 43 anos a desafiar a gravidade (está a ganhar…) digo: Ser feliz com o que somos é aceitar todos os dias o nosso reflexo e ter a coragem de amanhã voltar a aceitar!!!
    Mulher é muito mais do que corpo perfeito para fotografar ou ser apreciado!!!
    Beijinhos grandes e continua a ser quem és pois é o que me faz ser seguidora 😉😘

  21. Elsa Cintra

    Catarina
    Parabéns pela foto, está linda e tu estás linda!!
    Identifico-me completamente com o que escreves. Tenho 52 e sou mãe de 2, e desde que fui mãe que tenho batalhas com o meu peso. Também tive alturas de ter uma péssima relação com o mu corpo.
    Felizmente a idade traz maturidade e sabedoria. Hoje em dia estou completamente apaixonada por mim e pela pessoa que sou.
    Nós mulheres somos tremendamente cruéis umas com as outras e até com nós mesmas.
    Aposto que nenhum comentário menos simpático foi de homens.
    E aposto que o Raminhos te ama e te aprecia até à tua última estria , com todas as tuas “bolinhas” de celulite…
    Não te deixes enganar nem intimidar pelo reflexo do espelho e muito menos pela inveja daquelas que, não te chegando aos calcanhares, criticam um.ou outro detalhe do que vêem.
    Tu és tão mais do que o teu corpo!!!
    Temos de aprender a deixarmos de ser reféns dos padrões de beleza das décadas passadas. Não existem corpos perfeitos. Somos todas perfeitas à nossa medida.
    Eu aprendi a gostar de mim exatamente como sou. Levou o seu tempo, foi todo um processo, mas valeu a pena.
    E tu também vais lá chegar. Aceita-te na exata medida daquilo que és: uma mulher fantástica, uma mãe fantástica!! Nunca menos do que isso.
    O que os outros dizem ou pensam, é apenas é tão só um mero ponto de vista.
    Divirtam-se muito, um resto de férias espetaculares e posta tudo o que te aparecer e quando te apetecer.
    You rock beautiful girl!!!

  22. Rafaela Vieira

    Olá Catarina. Concordo com tudo o que escreveu a menos com uma coisita, o seu corpo é de catálogo de revista. Todos os corpos são de catálogo de revista, odeio que digam corpo ideal, mas a culpa disto foi da indústria da moda durante muitos anos, pois só poderia ser um corpo ideal, uma mulher com aquelas medidas e é ridículo que ainda se pense assim. Os bons princípios e costumes em Portugal estão cada vez mais a ser menosprezados. A catarina é livre de por e dispor das suas redes sociais como bem quiser. Pertence-lhe !!! Caso não gostem, tirem o like e deixem de seguir. Claro que vão dizer logo, “ahhh pois está Rafaela, fala assim é porque deve ser gorda” (que é normal ouvir isto), NÃOO!!! Falo assim porque defendo o que acredito, seja quando se diz algo menos positivo a uma pessoa “gorda ou magra”! Porque pra mim as pessoas não têm rótulos. São pessoas, ponto.
    Antes de me despedir, deixe-me lhe dizer que adoro a forma como cria as vossas filhas e muitos parabéns a vocês como casal e pais pelo trabalho que fazem. Obrigadaaaa

  23. Ana Estorninho

    E qual é o problema da foto mesmo??? Continuo sem perceber o porquê de tanto alarido e acima de tudo, continuo sem perceber como as pessoas, mesmo procurando as palavras “certas e delicadas”, conseguem ser tão más e mesquinhas! Mas não têm vida??

  24. Nádia Silva

    Revejo-me em tudo o que escreveste!
    Parabéns Catarina!!
    Somos mulheres com M grande e MERDA para quem critica.
    Essas que tanto falam não gostam do corpo que têm, por isso falam tanto de nós que somos mulheres bem resolvidas.
    Beijinhos grandes e continua assim!!

  25. B

    Olá Catarina! Não costumo fazer isto… Mas achei que merecia. Li um comentário aqui, e tal como essa rapariga quando vi a foto dos dois pensei “uau, que foto linda e amorosa, quero isto um dia, mesmo com os piolhos atrás” 🙂 Tenho 30 anos e desde sempre o mesmo tipo de problemas com o corpo, como tantas mulheres, estou numa fase melhor devido ao vício de ginásio que ganhei há 4 anos, ainda assim estou sempre na luta com a minha cabeça, porque continuo a ter celulite, estrias e tudo o que é normal e cada vez o aceito melhor! Para quem hoje em ontem ainda envia esse tipo de comentários o melhor é “beijinho no ombro” ahah Acho fantástico terem ido os 5 para as Maldivas, um destino que por norma é de casais! Continuem a dar tudo nessas férias e a partilhar tudo o que vos apetecer, as pessoas de bem hão de ser superiores às “outras”…

  26. Ana Amoroso

    linda poderosa feliz e com a familia .
    o unico problema destas fotos é esta gente ressabiada ão puder estar ai
    Aproveitem bem e divirtam se.

    Bem Haja
    Mafarrica

  27. Jéssica

    Muito bem escrito! De verdade.
    Achei deveras “engraçado” aquele comentário dos vestidos (se gosta de os usar, use-os compridos)! Oh pelo amor de deus, qual é o problema desta gente? Não, a sério?
    Cada um deve-se sentir da melhor maneira para si.
    Se começarmos a vestir-nos da maneira que as outras pessoas querem, mais vale não sair de casa, porque nunca vamos agradar a toda a gente.
    Enquanto uns vão fazer comentários estúpidos como o referido, também vamos ter aqueles (e ainda bem) que nos vão elogiar e subir a auto-estima, porque pela graça do senhor, não somos todos iguais.
    Sou da opinião que nos devemos vestir de acordo com o gostamos e nos sentimos bem, sem olhar a quem.
    Sei que não tenho muita experiência por onde falar, mas sou muito observadora e normalmente estes comentários rudes vêm de quem não recebe elogios suficientes para o seu ego e, com tal, para se sentirem melhor rebaixam os outros.
    Resumindo ame-nos a nós próprios.

  28. CARLA FERNANDES

    TUDO o que as pessoas dizem sobre nós é SEMPRE sobre elas 😊. Apenas nos cabe aceitar ou não o presente 😉 aí, se aceitarmos, passa mesmo a ser nosso, o que também revela como é que nos estamos a sentir na altura.
    Sem querer, a passar no instagram, vi um post e decidi vir a este blog.
    Timing certeiro!!
    No presente momento, dois quistos resolveram inflamar exatamente nas faces… A doutora diz que eu deveria andar com isto ao léu. O meu pensamento foi logo para como as pessoas se iriam sentir se vissem duas feridas expostas assim, como quem não quer a coisa… E eu nem quero saber sobre o que pensam sobre mim… É mesmo como as pessoas iriam sentir-se… O que é que isto dirá de mim? Grata pelo teu post e pelo teu testemunho, porque agora deu-me a oportunidade de me focar no amor da minha vida: EU!. Vida feliz!! 🤗🌼🙏

  29. Mara Sousa

    As pessoas hoje em dia estão mais focadas em encontrar defeitos nos outros para alimentar o seu próprio ego. A Catarina demonstra ser uma pessoa maravilhosa! Sou uma pessoa magra e com problemas de autoestima. Aprendi a ignorar aquilo que os outros pensam porque é só isso, opiniões alheias. Passo pelas suas fotografias e acho-a linda de vestido, calças, t-shirt ou camisa. Vista aquilo que gosta, que realmente se sente feliz. A fotografia que partilhou chegou aos olhos de quem a vê com a mensagem certa, uma fotografia ternurenta, repleta de amor e sem preocupações. O seu corpo conta uma história, tal como o de cada um de nós. E a Catarina é a mãe de família, a mulher mais bonita que tenho ganho apreço nas redes sociais. ❤️

  30. Sónia Teles

    Muitos parabéns pela partilha, pelas bonitas fotos e pela felicidade que transparece nestas imagens. Tu és um bom exemplo de uma mulher real e mostra que não há nenhuma razão para ter vergonha por mostrares uma imagem feliz.
    Nunca conseguirei perceber o que leva uma pessoa a publicar um comentário desagradável como esses que descreve. Presumo que são pessoas amargas e de mal com a vida. Nem vale a pena dar muita importância a esse género de pessoas.

  31. Anita

    Adorei as tuas palavras. Nem sempre é fácil aceitar o corpo, mas porque não o fazer?
    Adorei o final – era mesmo bom que fossemos todos mais simpáticos uns com os outros.
    Não tens que ter vergonha do que és e nem ninguém.

  32. Susana

    A única coisa que eu vejo na foto é um casal apaixonado e feliz aproveitando das tão merecidas férias!!!!
    Gostei do teu texto apesar de achar que não tens que te justificar.
    Tenho 37 anos e mãe de duas meninas maravilhosas. Até à minha primeira gravidez sempre fui magra … hoje passado 11 anos confesso que não gosto do meu corpo…. mas também não é isso que me vai tirar o sono. A minha primeira gravidez deu cabo do meu corpo… fiquei de cama aos 5 meses de gravidez, engordei mais de 20 kilos e nao houve nada que me salvasse das esterias. Quem gosta gosta quem não gosta que olhe para o lado! Não vou deixar de comer para agradar aos outros e voltar ao corpinho de revista…porque…. caramba ADORO comer 😝🙈

  33. Dores lopes

    Autêntica palhaçada!
    Estas pessoas que criticam devem ser secas.
    O que importa o corpo quando tem o melhor da vida do seu lado a família.
    Que pessoas fúteis, preconceituosas e básicas.
    Catarina publique e tenha orgulho porque é linda vejo uma mulher como eu com formas e tem coragem para biquíni.
    Eu ainda não consigo usar após perder 55 kilos mas você deu me coragem.
    Parabéns e tenham vergonha pessoas estupidas sem cultura cívica.

  34. Ines Rodrigues

    Olá Catarina.
    Por várias razões, esses comentários são só tristes, especialmente porque foram feitos por mulheres! Mulheres estas, que em vez de se unirem e sentirem empatia pelo nosso género, discriminam e destroem desta forma, tudo que o feminismo representa. Um corpo lindo e saudável, que trouxe ao mundo 3 mulheres lindas. Felizmente, as revistas da atualidade já mostram corpos de mulheres de todos os tamanhos e feitios. A falta de empatia e amor pelo próximo, leva-nos para campos perigosos. Isto também é uma forma de racismo. O que importa é a nossa aceitação e continuar a acreditar e suspirar pelo um mundo mais tolerante. Um beijo muito grande

  35. Iris Viegas

    Como a compreendo. Trabalho sentada num balcão de atendimento ao público. Passam os dias a perguntar se estou grávida só porque a barriga está um pouco maior do que eu gostaria. Respondo sempre ” é mesmo gordura”. Finjo que não me incomoda mas no fundo incomoda bastante. Eu sou incapaz de fazer comentários deste género. Existem várias razões para os kilos a mais e muitas não são porque se abusa demasiado na comida.

  36. Hélia Martins

    Grande Catarina, palmas para ti 👏
    Infelizmente vivemos numa época que, ou se é uma boazona, com “tudo em cima” , ou já não servimos, já somos gordas e mal-feitas. E já somos as piores pessoas!!!
    A sociedade e os media cultivam esse tipo de beleza, se é que beleza se pode chamar…
    Enfim. Prefiro ser inteligente e boa pessoa, e continuarem a olhar para a minha barriga, a pensarem se estarei grávida novamente 🙈😉
    O que interessa mesmo é como nos sentimos cá dentro 😇💪
    Não querem ver, não olhem 👀

  37. Sara Borges

    Catarina, texto 5 estrelas, fotos 10. Destino paradisíaco, mãe e filhotas lindas lindas. Publique sempre o que entender porque já sabe no matter what, a caravana passa sempre 😉 enjoy, boas férias

  38. Pedro Viegas

    Catarina, não nos conhecemos mas fruto dos saudáveis disparates que o seu marido vai partilhando sobre si e as Matias já vos sinto como “da família”, talvez desta família alargada das pessoas que “entram diariamente na nossa vida sem nunca as termos visto”, mas ainda assim da família.

    Li o seu comentário e não posso deixar de sentir vergonha alheia por haver quem venha junto de si criticar a sua forma física, o que veste, o formato do corpo ou qualquer outra característica física que possa apresentar.

    Espero, sinceramente que este tipo de comentários não a afecte nem lhe roube mais do que os minutos que perdeu a escrever este texto.

    A Catarina foi o templo de onde brotaram três seres humanos, foi A “nave” que trouxe a este mundo três novas vidas e Isso deixa marcas, pois claro que deixa, mas marcas que qualquer mulher deve mostrar orgulhosamente e não com medo de ser ofendida.

    Terá, como qualquer de nós, partes do corpo que gosta mais, outras que nem tanto, terá alturas em que gosta mais da imagem que o espelho reflete e outras em que não se revê nessa imagem, mas deverá sempre ter orgulho das marcas, das curvas, das pequenas imperfeições que o “invólucro” que transporta a luz o ilumina apresenta.

    Obrigado por partilhar connosco esses comentários ignorantes pois permitem sempre perceber que ainda temos muito para fazer até chegarmos a um ponto onde cada pessoa não seja julgada pela sua imagem, que seja o sorriso e o brilho que cada um de nós transmite aos outros que valha.

    Ass: Pedro, casada com uma linda mulher imperfeita e pai de duas lindas imperfeitas meninas.

  39. Joana F.

    Que foto mais terna. Guarde-a, que é preciosa.
    É uma daquelas que os filhos e os netos gostam de ver quando já somos velhotes…e que eles escolhem para pôr no album que nos oferecem pelos nossos setecentos anos..

  40. Maria Leonor Fernandes Santos Silva

    Bom dia e boas férias 🙂
    O problema desta gentinha é a inveja, muita inveja. Os filhos são o nosso maior tesouro. Quanto ao corpo deixa-os falar, a alegria de uns é a frustração de outros. Aproveitem, divirtam-se e sejam sempre assim como são Felizes e bem dispostos. Coisa que muita gente não consegue, ihihihihihih.

  41. Ribeiro Diana

    Ola catarina
    Nao custume meter comentarios
    Mas hoje excepliconelment vou meter porque acho que as pessoas as vezes nao teem educacao e nao pensao que au fazer esses tipos de comentarios que magooam
    Eu tenho 30 anos e so tenho um filho,e depois de o ter passai de um 38/40 a um 46/48
    Problemas hormonais et outros
    E tambem me faz mal quando pessoas me dizem olha como estas,antes nao eras assim,tens k fazer cuidado,es nova ,imagina quando tiveres o 2 filho,etc etc ,magoa e magma quando tu tentais explicar o porque e ninguem quer saber ,si dizem que tem de se parar de comer e nao é bem assim
    Enfim so pra dizer que a prefeicao nao esiste
    E que temos que nos aceitar e aceitar os outros como sao
    Porque a vida é curta pra perdermos tempo com detalhes
    Muitos beijinhos gosto mt de si !!!!

  42. Daniela

    A Catarina é bonita, inteligente, tem uma família fantástica e está num sítio paradisíaco. Isso chateia muita gente. As pessoas que fazem esses comentários devem ter todas corpos de modelo… ou se calhar até têm, mas é só isso 😉 Continue a escrever e a inspirar.

  43. Ema da Silva

    Adorável. O texto, a foto, a integridade e a felicidade que transpiram. Confesso que nunca “a tinha lido”. Habitualmente ignoro o “small talk” online. Mas, movida pela minha insurreição natural contra rumores, decidi investigar. Gosto de avaliar pela minha cabecinha. E ganhei mais umas leituras. Escreve maravilhosamente bem. Fico feliz com a vossa felicidade. Alguém disse que um corpo belo é aquele que tem uma mulher feliz dentro. Voilá. Tudo dito.

  44. Litangel

    Muitos parabéns por ser igual a nós, somos todas lindas, a beleza está nos olhos de quem nos vê e nos nossos também. Perfeitas e sobretudo Amadas, comentários depreciativos são daqueles que nada de bom têm para oferecer, que pensam que um corpo “perfeito” é o que torna o ser humano completo, o que lhes interessa é a aparência, não interessa a pessoa que realmente somos, os nossos valores morais e a nossa conduta. Por isso Catarina – seguir em frente que esse é que é o caminho. Ah! Esqueci me! para os das críticas destrutivas -não gostou? Temos pena.

  45. Magda Ferreira

    Olá e parabéns pela foto feliz!
    Há uns tempos via-a numa piscina de um hotel em Tróia e apesar de não ter prestado muita atenção, pareceu-me uma pessoa completamente normal e extremamente educada e cordial. A mim fez-me alguma confusão a quantidade de pessoas que vos interromperam, e vocês receberam-nos a todos com um sorriso para as selfies. E é apenas isso que guardo na memória, ou será que deveria ser a cor do bikini? 😀😂 Beijinhos

  46. Tânia Coelho

    Olá boa noite. Tenho de deixar a minha opinião quer gostem ou não. Hj, nas aulas de psicologia, colegas comentaram os lamentáveis comentários que foram feitos relativamente às fotos que publicou. O que eu considero inaceitável é o facto de os comentários serem feitos por mulheres. Há “sessoas” e há pessoas. Qdo não sabem ser felizes, tentam atingir quem está bem. Não pode, de todo, permitir que “sessoas ” lhe transmita insegurança ou tristeza. Cada um é como é, com ou sem estrias, com ou sem barriga, com ou sem uma perna, um braço etc. A beleza está no interior e quem só se preocupa com o exterior desvalorizando tudo o resto, são “sessoas” que não merecem um chavo de atenção. São “sessoas” infelizes e invejosas com o bem-estar e com a auto realização dos outros. Se fossem felizes e empáticos aplaudiriam em vez de deitar abaixo. A inveja pode nos magoar mas só nessas “sessoas” é que tem impacto negativo. Não sei s retirou a foto ou não. Mas eu não a tiraria. Faria o contrário: publicava mais sem querer saber o q os infelizes pensam. Eu ainda acredito na humanidade mesmo esta estando infestada de personagens fúteis. A felicidade é algo q só alguns atingem, q só alguns a percebem e a sentem. Eu gostava de ter o corpo que tinha há 15 anos atrás mas prefiro o de agora pois vem acompanhado com experiências, lutas, derrotas e vitórias mas acima de tudo com uma mente um pouco mais sábia, mais madura. Defendo sim a preservação do corpo mas só por uma questão de saúde para tentar aumentar a longevidade. Não se sinta triste nem insegura. Todo o ser humano é lindo por fora. Por dentro, já é mais difícil… 😘

  47. Daniela

    Olá Catarina,
    Não pude “deixar passar” este Post que certamente já é viral…(para o ter visto) 😅
    Comecei a ter conhecimento do seu trabalho, depois de ter entrado no programa “100% português”, como já conhecia um pouco do trabalho do Raminhos com “as Marias” fiquei fã dos dois!
    Com isto, o que eu quero dizer é que são uma família extraordinária, gabo-lhe a paciência com o Raminhos 😅, mas acima de tudo o que consegui perceber é o Amor que vos une enquanto família, enquanto amigos e seres humanos!
    Quanto ao exterior…. o querida Catarina, quantas vezes não fomos enganadas pela embalagem quando vamos ás compras!?
    O que conta é o conteúdo! E digo-lhe pelo que percebi… extraordinário!
    Parabéns a si pela pessoa que é!

  48. Margarida

    Grande texto! O que interessa não é o corpo, é a cabeça. E a sua está muito boa. A foto é amorosa. Só gente baixo nível é que e inventa defeitos e, pior, tem a lata de lhos enviar. Esqueça, não merecem um minuto do seu precioso tempo.

  49. Andreia

    Olá Catarina ….
    Compreendo exatamente cada palavra! Sou mãe de 2 meninas i a minha situação e exatamente igual… Já me deixei de ouvir esses comentários e depois chorar … agora quando me dizem alguma coisa desse género ainda me consigo rir na cara das pessoas e dizer que sou feliz … não é aquele bocado de gordura que me vai fazer parar de sorrir ..tenho saúde isso basta! Um beijinho grande

  50. Mónica Maia

    Haja paciência para esta gente que tem falta de loiça na pia para lavar. O que é realmente ter um corpo perfeito, o que é de facto a perfeição de mulher??? Isso existe? O que é bom para uns pode não ser para outros, e a ideia de um corpo perfeito que se vende nas revistas e na televisão é pura utopia. Parabéns Catarina pela foto e pelo texto, o resto é paisagem….

  51. Sabrina Batista

    Cara Catarina
    Acabei de ler a história, que a publicação da sua fotografia gerou. Quando acabei de ler a noticia, fui procurar o seu blogue, algo que antes nunca me dei ao trabalho fazer. Gostaria, genuinamente, enviar-lhe um abraço, um abraço cheio de luz e paz. Acredito que, por muito desapegado que se possa ter, no que diz respeito a mensagens tão feias e negativas, possam deixar algum rasto. Daí, eu querer sair do meu canto, da minha vida e dizer a uma pessoa que não conheço de lado nenhum, que: Admiro a sua Pessoa! Admiro ter tido a coragem de publicar a fotografia, sabendo que a probabilidade de acontecer o que acabou de acontecer, era elevada e fê-lo na mesma. Admiro ainda mais, ter respondido às mensagens de forma tão transparente e sem maldade ou contra ataque. Ninguém vai ser castigado, as pessoas que tentaram rebaixá-la não irão sair de casa e pisar um bocado de cócó kármico.
    Simplesmente, fez com que através da sua atitude, uma pessoa que a Catarina não conhece de lado nenhum, irá tomar mais atenção no que se passa à sua volta e faz questão, neste Mundo cego, dizer a uma estranha: As suas filhas têm um Grande Ser Humano a ajudá-las a crescer!
    Desejo-lhe muita saúde para si e a sua familia

  52. Jm

    A questão é que ninguém gosta de olhar para aquilo que é feio. Seja um corpo ou outra coisa qualquer.
    E quem não a conhece pessoalmente então…não vai olhar de forma subjectiva (ou “fofinha”).
    É-me igual o seu corpo e o de tantas. Mas não posso deixar de concordar que não é esteticamente agradável. Ninguém quer ser uma mulher real. Isso é sinónimo de banal. Irreal é ter os parâmetros bem lá no alto. E é isso a que todos aspiramos. Ou pelo menos glorificamos. Porque é difícil. Porque é belo. Porque é “inatingível” para tantas.

    Não quer comentários desagradáveis? Simples. Publique apenas as suas melhores fotos.

    1. Vânia Figueiredo

      Feio?! Esteticamente agradavel??! Ninguém quer ser real e aspiramos o que? a perfeição estética?! Uau..que futilidade..existem tantas tantas coisas bem melhores para aspirar..

      Não gosta do que vê? Simples. Deixe de ver.

  53. Ana Paula Rosa Castello-Branco

    Quem tem tempo para criticar o que não é criticável, não tem vida para viver.
    Viva, isso é que importa!
    (E continue a postar mais fotos para dar motivo para aquelas pessoas que não têm mais nada para fazer do que falar mal de tudo e de todos!)

  54. Carla Moita

    Olá Catarina,
    Deixa – me dizer que não tenho por hábito fazer comentários nas redes sociais, nem algo do género.
    No entanto, com o surgimento de tais comentários, a curiosidade fez me parar e olhar para a fotografia com “olhos de ver” e ao observar esta imagem com alguma atenção, a sensação que me transmite é de Amor e Felicidade!
    😘 💖

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *